Les anges exterminateurs (2006)

“Les anges exterminateurs” (2006)

IMDb

simples masturbação

O sexo é universal, em todas as artes de todos os tempos, de todas as culturas. É universal porque é tão animal como cada homem. Por isso não há tema que tenha sido tratado com tanta riqueza e mais profundamente investigado como o sexo. Isso levanta a fasquia da exigência, por outras palavras, se queremos fazer algo interessante que tenha a ver com sexo só temos duas opções:

-ou fazemos algo que, mesmo que não seja original, actualize algumas coisas já antes feitas;

-encontramos algum recanto obscuro no sexo, normalmente ligado a outros mundos igualmente fascinantes, da mente humana;

este filme não faz nada com nenhuma das opções acima. é tão aborrecido como o escritor parece ser. Digo isto baseado nos diálogos e na entrevista que está nos extras do DVD.

Aparentemente este filme foi feito como uma espécie de provocação contra umas acusações de teor sexual relacionadas com o filme anterior do realizador. Creio que ele pode poderia encarar o filme como um exorcismo ou algo que pudesse ser levado para uma perspectiva “artística” do mundo. Alguma exploração pessoal dos limites do voyeurismo no sexo; um homem que estuda o orgasmo feminino quando o observa (e filma). Suponho que no decorrer do processo, o próprio Brisseau percebeu o frágil que era tudo isto e por isso pediu emprestados uns anjos ao Wim Wenders, para adicionar uma camada de misticismo no jogo de observação e, suponho, para que nos pudéssemos identificar com o anjo mais activo, como voyeur da situação voyeur.

Isto poderia até ter funcionado, mas apenas se o realizador estivesse mais interessado em fazer um filme, em vez de aparentar dominar o mais profundo do orgasmo feminino. Tal como está, o filme é uma exibição desonesta do corpo feminino, algumas mulheres são realmente, e genuinamente atraentes, mas o trabalho no conjunto é desonesto. Realmente preferia que isto fosse um filme assumidamente sexual, softcore, do que esta trampa aborrecida. Qualquer coisa de Brass ou Franco é melhor que este.

A minha opinião: 1/5

Este comentário no IMDb

6 Responses to “Les anges exterminateurs (2006)”


  1. 1 Ricardo Maio 18, 2010 às 7:22 pm

    Esta “crítica”, ou “críticas” que andas por aqui a publicar (para mim não passa de visão pessoal limitada acerca de um filme) é que é desonesta e ignora muito da mensagem do filme. Mas nem vou por aí, com uma pessoa que “aparentemente” isto ou aquilo e cheio de frases feitas.

    Só deixar uma pergunta: quantos filmes do Brisseau viste?

    …cada vez mais a blogoesfera está cheia de pessoas que não sabem o que dizem… é pena.

  2. 2 ruiresende Maio 18, 2010 às 9:25 pm

    eu nunca escrevi neste blog nada que não fosse uma visão pessoal minha sobre seja o que for. como todas as visões pessoais, a minha é limitada.

    os filmes do brisseau que eu vi, não importa saber quantos foram. vi mais do que este se é isso que queres saber, mas não me parece que o que escrevi aqui sobre este filme seja mais ou menos acertado e válido independentemente dos filmes que eu tenha visto dele ou de seja quem for. é deste filme que estou a falar, e do contexto que me interessava ao vê-lo

    já agora, não percebi qual é a tua opinião sobre o filme, a não ser que pensas que tem uma “mensagem” e que eu a ignorei.

    a blogosfera é feita de pessoas, por isso tem as vantagens e qualidades do mundo real. há quem saiba o que diz e a maioria não faz ideia. se calhar eu não sei, mas quem é o juiz disso? tu?

  3. 3 Ricardo Maio 19, 2010 às 7:46 am

    Não vou perder tempo nesta «trampa aborrecida» que são estas “críticas”. Não vale a pena.

    A última frase é mesmo à intelectual… ah ah ah!

    Qualquer coisa de Brass ou Franco é melhor, és mesmo cinéfilo e conhecedor do que falas tu…

  4. 5 ruiresende Maio 25, 2010 às 12:52 am

    Agradeço a citação, e o ter completado a minha opinião. é bom que tenha valido a pena ler.

  5. 6 marcos Julho 3, 2010 às 9:42 pm

    esses anjos do filme parecem estar interessados em aprender a fazer filme pornô aqui na terra para fazerem uma grande produção de sacanagem no céu! eu tenho que ver esse filme para realmente poder julga-lo .mas gostei muito do teu texto e do 7 olhares!um abraço!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Destaques

Vou começar de forma mais séria a tratar o tema do cinema e espaço/arquitectura. Espero poder introduzir novidades em breve