The 82nd Annual Academy Awards (2010)

“The 82nd Annual Academy Awards” (2010)

IMDb

afinar

O mundo mudou. E também mudaram as pessoas (especialmente as pessoas). Não sendo americano, eu nunca partilhei o momento familiar de ver uma cerimónia dos Oscars. Suponho que isso devia ter um impacto simbólico na vida dos americanos, pelo menos até há uns 20 anos.

Hoje não. Por outras palavras, as pessoas ainda valorizam os prémios. Os Oscars ainda são, como Fellini diria, o prémio mais alto na mitologia do cinema. As pessoas interessam-se pelo prémio, porque está investido de uma aura de proporções míticas. É espectáculo, e em Hollywood sempre souberam muito sobre isso, muito sobre ilusão. Mas hoje os Oscars-prémios, são uma coisa totalmente separada dos Oscars-cerimónia. Os primeiros ainda importam, apesar da sua tão celebrada injustiça, as tão faladas influências da política, a sua tão famosa consideração de que maior é melhor e que correr poucos riscos em filmes equivale a um entretenimento maior e maiores receitas de bilheteira. Foi isso que retirou Citizen Kane ou Taxi Driver do prémio. Mas o que se passa é que o Oscar ainda está gravado na inconsciência dos adeptos de filmes. Mas não a cerimónia. Essa torna-se pálida, cada vez mais. A televisão já não consegue ser o único catalizador de audiências, simplesmente isso já não é possível, e a própria ideia da gala, a festa onde os famosos se reunem, com vestidos bonitos e sorrisos falsos, e entregam e recebem prémios, simplesmente já não é apelativa. Não como costumava ser. Por isso, num certo sentido, estes espectáculos Oscars na tv já não funcionam hoje pelo mesmo motivo que, por exemplo, as peças elizabetinas já não funcionam: as nossas mentes simplesmente já não afinam pelo que essas coisas têm para nos oferecer, já não. Já não assumimos imediatamente que um par de tipos a contar umas piadas em frente de muitos famosos é divertido. Por isso, A Não ser que o programa seja excepcionalmente bem concebido, nós já não nos ligamos a ele. Pelo mesmo motivo hoje só nos interessam as melhores peças elizabetinas, não as outras. As médias e as más eram entretenimento nessa altura, mas hoje simplesmente não o são. É o que se passa com esta cerimónia.

Esta Não foi excepcionalmente bem feita, na verdade foi bastante pobre. Por isso não afinei por ela. E retirar as homenagens aos “velhos” ainda vivos, como Gordon Willis, foi um erro. Isso era do melhor.

A minha opinião: 2/5

Este comentário no IMDb

0 Responses to “The 82nd Annual Academy Awards (2010)”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Destaques

Vou começar de forma mais séria a tratar o tema do cinema e espaço/arquitectura. Espero poder introduzir novidades em breve