Fausto 5.0 (2001)

“Fausto 5.0” (2001)

IMDb

a ligação que falta

Tinha uma ideia razoável do que estava a procurar, ao vir a este filme. Este foi um trabalho de colaboração, mantido entre pessoas que vêm dos filmes, e pessoas que vêm da actuação ao vivo. La fura dels baus são ao mesmo tempo um grupo muito interessante de pessoas que tentam extender e expandir as noções de performance ao vivo e, mais interessante, as noções de interacção com uma audiência. Basicamente, o truque deles é aumentar o empenhamento do público, ao trazê-los mais perto do palco, ou melhor ainda, levando o palco para junto das pessoas.

Por isso, pensei que ia ver algo semelhante neste filme. Novas formas de seduzir, novas formas de contar uma história que inclua a audiência, enquanto transporta um sentido.

Mas o filme é um meio totalmente diferente. Ferramentas diferentes, truques diferentes, resultado diferente.

A inventividade e paixão que temos ao ver uma performance é aqui totalmente substituida pelo empenhamento em construir um mundo, sobre o mundo real, que possa acomodar a história do filme.

Por isso é-nos dada a cidade como intervenção artística, com toda a estilização e artificialidade que isso implica. O edifício embrulhado à Christo, com o interior que na verdade foi roubado a um museu. A transformação de sítios na cidade, pela colocação de pessoas que simplesmente não pertencem ali. As catacumbas do hospital, um bom uso do espaço.

Tudo isto é bom, mas os problemas do filme começam aí. Apesar deste mundo perfeitamente apresentado, que considera o que podemos fazer a uma cidade para a tornar (mais) adequada para a história que estamos a contar, isto não é suficiente para nos levar para dentro do filme com a mesma intensidade com que somos levados para dentro dum espectáctulo La Fura. Por isso, apesar do esforço, o filme não consegue equivaler-se às actuações, e penso que esse era um dos objectivos.

Mas temos Barcelona, uma relativamente interessante Barcelona, e temos grandes sequências, ainda que desconexas. Dessas, aquela nas catacumbas do hospital (que é fundamental na história) é a melhor.

A minha opinião: 3/5

Este comentário no IMDb

0 Responses to “Fausto 5.0 (2001)”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Destaques

Vou começar de forma mais séria a tratar o tema do cinema e espaço/arquitectura. Espero poder introduzir novidades em breve