Hard Times (1975)

“Hard Times” (1975)

IMDb

o que é que foi assim tão duro?

Esta é uma representação desinteressante de um tempo e contexto fascinantes, a depressão nos EUA. É um tema totalmente cinematográfico, e várias coisas permitem isso. Foi um tema vastamente trabalho em filmes, por isso é parte de um certo nicho da memória cinematográfica, há um par de clássicos passados na depressão (intocáveis, rosa púrpura…). Por isso há uma picturização visual desse tempo, que conta para a forma como as pessoas vão reagir ao filme. Para além disso é um período dramático, porque todos os personagens potenciais são pessoas normais, cheias de dificuldades extra, pobreza, falta de oportunidades, um inferno vivo. Eles ultrapassam essas dificuldades, lutam contra a lama do desespero e lutam por uma vida melhor. Conflito, resolução, batalhas… é este o alimento do drama. E podemos colocar qualquer coisa nesse recipiente: romance, heroísmo, desporto, fantasia (woody outra vez).

Por isso, a própria descrição daquilo que para mim torna os filmes baseados na depressão interessantes por princípio, retira o interesse a este filme. Isto porque, afinal o que é que foi tão duro naquilo que vimos aqui? O tipo é forte, consegue derrubar qualquer um, todas as tímidas e vergonhosas tentativas para ultrapassar a superioridade dele fora do ring falham… Ok, ele não fica com a rapariga, mas também, na própria perspectiva de Bronson, é só uma rapariga, ele prefere estar só. Ele tem um amigo, e a amizado é testada, mas facilmente salva. Por isso, no final ele leva uns murros, muito dinheiro, e afinal a lama da depressão é uma terra fácil de oportunidades, o el dorado dos conquistadores espanhóis.

O que falhou é que eles centraram a coisa ao redor da suposta dureza de Bronson no ecran. O herói americano, trabalhador incansável, tipo duro, um John Wayne adaptado aos anos 70. A verdade é que não funciona porque ele não é um tipo interessante, ou pelo menos não foi convenientemente usado aqui, e a produção não ajuda. Até o Rocky é mais sedutor e convincente.

A minha opinião: 1/5

Este comentário no IMDb

2 Responses to “Hard Times (1975)”


  1. 1 Chico Dezembro 24, 2009 às 2:03 pm

    Por acaso desde míudo que tenho uma preferência por Water Hill. Falo de filmes como The Warriors, The Long Riders, Sothern Comfort ou Streets of Fire.
    Este por acaso foi um que sempre me passou ao lado, mas tenho curiosidade em ver…

  2. 2 ruiresende Dezembro 27, 2009 às 1:14 am

    é, este sinceramente não te recomendo, pelos motivos que refiro acima. Mas o Walter Hill é um tipo interessante, e fez filmes que valem mesmo a pena, como os que referiste. Por isso ainda me aborreceu mais que este não funcionasse. Acho que no final é um filme mais à medida daquele herói duro a la Charles Bronson, em vez de ser um filme inteligente à medida do Hill.

    Para além disso, embora seja um filme mal amado, eu realmente aprecio o Last Man Standing, provavelmente foi a única adição interessante ao género western depois do Leone. O remake do remake, com novos níveis de interesse. Não digo que seja o único western interessante depois do Leone, mas para mim é o único que trás uma evolução ao género.

    obrigado pela visita, espero ler-te mais vezes.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Destaques

Vou começar de forma mais séria a tratar o tema do cinema e espaço/arquitectura. Espero poder introduzir novidades em breve