Ischeznuvshaya imperiya (2008)

“Ischeznuvshaya imperiya” (2008)

ischeznuvshaya_imperiya_posterfantasporto-2009pequeno2

IMDb

exorcismo

Sou português e, por isso, apesar de ter nascido nos anos 80, sei alguma coisa sobre nascer num país que tenta ultrapassar a sua própria memória. Para quem não sabe, Portugal foi o último continuador na Europa de um conceito fascista de “império”, uma ideia retro que empancou a vida cultural e a verdadeira evolução durante décadas, em alguns países. Terminou para nós em meados dos anos 70, mas lidar com uma mudança de definição colectiva tão radical é algo que se arrasta até aos dias de hoje, ainda que de forma apaziguada pela melhoria geral das condições de vida dos portugueses, mas que ainda existe.

Eu penso que a experiência soviética foi provavelmente mais radical e fundamentalista para as suas populações que os fascismos europeus latinos. E durou mais. Assim, lidar com as mudanças radicais em direcção a uma “democracia ocidental” forçada é provavelmente um processo doloroso nos territórios ex soviéticos, sobretudo o russo. É esse o enquadramento com que vejo este filme específico. Vejo-o como um exorcismo de fantasmas passados, mas também um piscar de olhos melancólico a esses dias.

Os factos da história, que é casual (está aqui como um caso “típico” e repetitivo naqueles dias) todos falam contra o que acontecia naquele regime e naquele contexto e, no entanto, evita moralizar. Ninguém é julgado (ao contrário do que acontece, por exemplo, em “as vidas dos outros”) e ninguém é inocente. É um tipo de aproximação que assume que devemos sentir o que se passava independentemente das políticas superiores ou dos contextos de poder que forjaram o que vemos. Aceito essa visão, aprecio-a. As opções cinematográficas são totalmente coerentes com o que vemos e, de vez em quando, vi Tarkovsky aqui, que tem tudo que ver com o como o cinema submete a memória. É bom ver um contexto social, uma certa juventude que nunca conheci, e um certo tipo de cinema que é doce e por vezes (não aqui) profundo e transcendente.

A minha opinião: 3/5

Este comentário no IMDb

0 Responses to “Ischeznuvshaya imperiya (2008)”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Destaques

Vou começar de forma mais séria a tratar o tema do cinema e espaço/arquitectura. Espero poder introduzir novidades em breve