Das Sandbad (1907)

“Das Sandbad” (1907)

IMDb

vestir-despir

Claro que a demonstração ou sugestão de sexo (o que poderá ser chamado de erotismo) está no centro da criação humana desde o início. Por isso é interessante descobrir onde esse tema eterno, em constante evolução a todos os níveis, começou em cinema. Bem, obviamente, começou no início do cinema também. Por isso estes filmes que Schwarzer realizou são importantes para comprendermos a sexualidade naqueles dias e, mais importante para mim, como o tema foi explorado visualmente desde o início.

Aqui, a intenção era fazer a mulher parecer tão ‘natural’ como a areia. A cor da sua pele corresponde à cor da areia, e para sublinhar isso, o homem ‘veste-a’ com areia. Ela encara-o como algo inocente, visualmente soa harmónico, mas o homem não é inconsciente, e ele é o nosso representante no filme, como voyeurs que querem tocar (estou a falar de audiências masculinas, para quem estes filmes era certamente feitos).

Claro que o filme não tem efeito hoje, não com a evolução que as nossas noções de sexualidade tiveram nos últimos 100 anos. Mas tem sim uma importância histórica.

A minha opinião: 1/5

Este comentário no IMDb

Anúncios

0 Responses to “Das Sandbad (1907)”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Destaques

Vou começar de forma mais séria a tratar o tema do cinema e espaço/arquitectura. Espero poder introduzir novidades em breve