Men in Black (1997)

“Men in Black” (1997)

men

IMDb

Estilo passageiro

Este é um filme vazio. 11 anos não é assim tanto tempo, mas parecem décadas neste filme. Vê-lo agora faz-me perceber que não há nada para ver.

Este é outro filme desenvolvido em torno de uma certa ideia de estilo. Se começarem a contá-los, é incrível a quantidade de filmes feitos nessa base. Bem, é enorme mas compreensível: o estilo é algo atractivo para as audiências no momento de lançamento do filme (apesar de ficar rapidamente datado) e algo que não requer muita capacidade para que aconteça. Apenas o tipo certo, neste caso o Will Smith, que representa o topo do estilo para uma certa percentagem da audiência.

O Museu Guggenheim de Nova Iorque foi aparentemente uma boa escolha, mas mal usada. Queria ver o que eles iam fazer nele, mas afinal eles só queriam usar a longa rampa para mostrar como Will Smith era capaz de correr rapidamente até ao topo do edifício.

Se virem os extras do DVD, vejam como Barry Sonnenfeld soa um ignorante. Completamente inconsciente acerca do que o seu trabalho implica. Apenas realça curiosidades técnicas, não tem nada para dizer.

A minha opinião: 1/5

Este comentário no IMDb

0 Responses to “Men in Black (1997)”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Destaques

Vou começar de forma mais séria a tratar o tema do cinema e espaço/arquitectura. Espero poder introduzir novidades em breve