Ekusute (2007)

“Ekusute” (2007)


Festival Sitges 2008

IMDb

Manipulaçao e cabelo

Divirto-me bastante a ver trabalhos como este. Filmes assim usam códigos visuais e simbólicos especificamente dirigidos a um certo pedaço de audiência, que está disposta a viver uma vida em filmes fora das convençoes mais espalhadas, e aceitar o que vêm com isso. Uma das coisas que mais aprecio quando vejo uma coisa assi num recinto público (normalmente atestado com os fas absolutos do tipo de produçoes em questao) é observar como essas pessoas reagem a certas convençoes dentro do género. Para mim, porque apenas faço visitas ocasionais, é o equivalente a visitar um país estrangeiro, gosto de observar como as pessoas se comportam, qual é o ambiente do sítio que estou a visitar.

Dentro dessas convençoes alternativas, este é um bom filme, creio. Pelo menos funcionou para mim, ao ponto de me fazer querer mais trabalho deste realizador. Ele tem uma visao, no meio deste terror capilar, ele tem um conceito interessante que se extende claramente e abraça o filme, tanto como o cabelo abraça os personagens.

Cabelo como canais. Cabelo como elemento de contacto entre pessoas, entre vidas, vidas passadas. E que distribui a morte. É um estratagema eficiente. A rapariga morta que produz cabelo funciona como uma espécie de agente noir, alguém que controla a acçao, mas todo o tempo nós estamos dentro do esquema (temos que estar para fazer tudo isto credível, e também porque era importante para o género explorar a rapariga morta com um olho). Ela manipula através do cabelo, e tem uma marioneta humana que entrega cabelo e faz todo o sistema funcionar. Esse homem ridículo é as suas maos na rua, distribuindo a morte ao acaso. Esse agente acredita o tempo todo que está em controlo da rapariga, mas acabamos por compreender que é ao contrário.

Esta estratégia clara de construir uma história faz o filme suficientemente agradável para mim. Tem um trabalho sólido de producçao, os momentos de stop-motion foram feitos com competência, e vao apreciar este filme se se interessarem por sistemas de contar uma história interessantes e estiverem dispostos a aceitar, pelo menos por 2 horas, as convençoes deste canto do universo cinematográfico (isto se nao estiverem já dentro dele).

A minha opiniao: 3/5

Este comentário no IMDb

0 Responses to “Ekusute (2007)”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Destaques

Vou começar de forma mais séria a tratar o tema do cinema e espaço/arquitectura. Espero poder introduzir novidades em breve