Paycheck (2003)

“Paycheck” (2003)

IMDb

um nada explosivo

Isto é muito trapalhão. Hoje, um pouco antes de ver este, revi a versão do realizador do Blade Runner, não o via há cerca de um ano, é sempre saudável rever essas peças fantásticas, deixa a nossa imaginação trabalhar visualmente e prepara-nos para encarar coisas como este com uma base muito mais forte. Como é que alguém pode negligenciar uma história de Phil Dick de tal forma que ela se torna num simples filme de fuga e perseguição com um enigma qualquer para resolver no meio? Qual é o sentido de fazer cinema se não há a preocupação de resolver visualmente os desafios que a história tem? Hitchcock sempre usou histórias simples, muitas vezes desinteressantes (ou apenas o suficientemente interessantes para dar ao filme algum sítio para onde ir). Isto acontecia porque ele sabia que o que interessava era narrativa visual, assim ele ficava fora de “problemas” no que tocava a conceitos mais complexos, porque ele tinha ideias visuais que queria explorar. Os compositores de ópera italianos procuravam descomprometimentos semelhantes em relação à história para poderem concentrar-se mais na música. Realizar esta história de Dick tal como aparece aqui é como pegar num romance de Balzac e transformá-lo numa telenovela; não é que não seja possível, mas é pegar em grandes conceitos que vêm envolvidos numa história para os demostrar; retirar o conceito, e ficar com a história nua e inútil. Há grandes pistas em relação à memória nesta criação de Dick, o que é real e o que é implantado, o significado de criar memória, criar futuro (passado?), criar destino. Isto é realmente bom material e, pronto, eu tinha visto Blade Runner… a ambiguidade, o colocar questões sem sentir a necessidade de ver onde todas as peças do envelope encaixam no cenário… Aqui só temos ruído, muito, explosões e as cenas de luta inúteis. Não temos nada, portanto… As actuações também não são assim tão boas. Afleck é arrogante e gosta que o notem. Uma faz o seu trabalho, creio, mas tem limitações, embora não tenhamos de chegar a elas para ver onde tudo isto falha completamente.

A minha opinião: 1/5 há projectos nos quais o conteúdo realmente é levado em consideração. Este não é um deles.

Este comentário no IMDb

0 Responses to “Paycheck (2003)”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Destaques

Vou começar de forma mais séria a tratar o tema do cinema e espaço/arquitectura. Espero poder introduzir novidades em breve