Jeu (2006)

“Jeu” (2006)

Cinanima 2007

IMDb

vídeo clip musical

Esta curta trata basicamente de transformar música (aqui um concerto de Prokofiev) numa banda sonora. E o caminho escolhido é fazê-lo de uma forma abstracta, livre de uma linha narrativa, jogando livremente com formas que sempre mudam e se adaptam, cores (vermelho, amarelo, azul ciano) colocadas com diferentes posições e efeitos e movimento. Assim, a experimentação é o conceito chave, e há alguns aspectos que interessantes que resultam pontualmente.

Apreciei especialmente uma alusão ao pontilhismo de Seurat e Pissarro. Foi muito interessante a forma como os pontos (vermelhos e amarelos) movendo-se freneticamente sobre um fundo de tom ciano criou uma grande sensação de queda de água, ou água em movimento. Os impressionistas poderiam de facto ter adorado isto.

A ideia de movimento circular em termos de composição narrativa (e muitos elementos individuais dentro dessa composição, como os números iniciais que se transformam noutros números por movimento circular) também é interessante.

Mas tudo pecou por falta de unidade e, apesar dos seus menos de 4 minutos de duracção, tem (demasiadas) partições e porções desconectadas. Essa é a sua falha.

A minha opinião: 3/5 interessante como experiência.

Este comentário no IMDb

Advertisements

0 Responses to “Jeu (2006)”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Destaques

Vou começar de forma mais séria a tratar o tema do cinema e espaço/arquitectura. Espero poder introduzir novidades em breve