Bedazzled (2000)

“Bedazzled” (2000)

IMDb

tem a ver com escrita, e lábios

De vez em quando isto acontece. Um filme produzido sob os maiores condicionalismos de ordem comercial que na verdade tem alguma inteligência na sua concepção. Aconteceu-me duas vezes esta semana assistir a algo assim (a outra situação foi com “the girl next door”). Na verdade há uma estratégia de contar uma história aqui. É simples: o nosso herói visita vários mundos de acordo com os seus “desejos” ou pelo menos ele assim o pensa. O dispositivo cómico aparece quando compreendemos que cada um desses mundos será A) totalmente diferente do mundo anterior e da realidade do herói e B) nunca de acordo com o seu verdadeiro desejo. Isto dá ao filme um motivo para se ir reinventando que realmente funciona. Fraser ajuda. Normalmente não gosto do seu estilo pseudo-trapalhão de actuar mas aqui ele revela-se muito versátil.

Agora, o que realmente achei interessante: alguém deseja algo, e outra(s) coisa(s) vêm junto a essa, é como quem diz, definir em demasia é erro, assim quanto mais geral somos naquilo que definimos mais controlo conseguir sobre o que criamos. Isto é interessante se visto de um ponto de vista de escrita para cinema, precisamente porque tem que ver com controlo efectivo sobre o meio (e a comédia nas coisas inesperadas que acontecem nos mundos paralelos tem sempre que ver com omissões ou não-considerações o exageros no “desejo” em si). Gostei disso. De qualquer forma o crédito provavelmente deverá ser dado a Peter Cook, por isso vou tentar chegar à versão original para verificar como esta questão foi tratada aí.

Ah, e já agora, a Elizabeth Hurley está realmente um ser sexual aqui. Ela tem qualidades físicas óbvias, mas aqui creio que teve que ver sobretudo com a forma como ela usa a boca. Normalmente isso chega-me como algo pouco natural nela, mas aqui realmente funciona. Verifiquem. E o sotaque inglês ajuda.

A minha avaliação: 3/5 Verifiquem este.

Este comentário no IMDb

1 Response to “Bedazzled (2000)”


  1. 1 lastprophet Outubro 18, 2007 às 1:25 pm

    Continua a votar nos melhores filmes de 2007 em http://www.blogoris.blogspot.com.
    Escolhe os doze que vão estar presentes na votação final de melhor filme do ano.

    7 dos finalistas já são conhecidos:

    Melhor filme de Janeiro – Blood Diamond
    Melhor filme de Fevereiro – Tenacious D – Pick of destiny
    Melhor filme de Março – The Fountain
    Melhor filme de Abril – 300
    Melhor filme de Maio – Zodiac
    Melhor filme de Junho – Die Hard 4.0
    Melhor filme de Julho – ?
    Melhor filme de Agosto – Disturbia

    A votação era “melhor filme de julho” mas foi engano , pois os filmes que estavam lá estrearam em Agosto. Por isso será feita agora a votação para melhor filme de Julho.

    Simpons, Death Proof e Transformers assumem-se como candidatos principais ao melhor filme de Julho, será que vai acontecer alguma surpresa e será um dos outros candidatos a garantir lugar na final?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Destaques

Vou começar de forma mais séria a tratar o tema do cinema e espaço/arquitectura. Espero poder introduzir novidades em breve